Blog

EnergiAme

EnergiAme

Escrito em 13 de setembro de 2021

Durante vinte e quatro anos escrevi sobre ti, e agora fecho os olhos e tento escrever-te, mas nada chega, nada é suficiente. Não quero nada de ti. Não preciso.  Não quero o teu corpo, não quero nada. Que bom é não precisar. Tudo se torna opção, sensatez. Diluis-te em tudo o que me rodeia, como um abraço quente num dia de Inverno. És ENERGIA.   E isto é bem mais que uma declaração de amor, é superior a tudo isso, pois é feito de passado, presente e futuro.  Carmencita
PEDES-ME  ...

PEDES-ME ...

Escrito em 15 de agosto de 2021

Pedes um filho,entrego-te o meu ventre. Pedes o meu amor,entrego-te o meu coração. Pedes paixão,entrego-te as minhas mãos. Pedes-me toda,entrego-te quem sou.   Carmencita
PERNAS INQUIETAS

PERNAS INQUIETAS

Escrito em 14 de agosto de 2021

Fazes nascer nas minhas pernas, um emergente caminhar até ao doce precipício da paixão.   Carmencita
×